A criação de um negócio de sucesso depende de uma combinação de fatores como planejamento, investimentos e estratégias de comunicação voltadas para um determinado público-alvo. Nesse sentido, o marketing de pequenas empresas é um instrumento que pode ajudar a expandir o negócio e fazer com que ele se torne conhecido.

Hoje, empresas que não investem em estratégias de marketing, seja em veículos tradicionais ou no meio digital, encontram grandes dificuldades para se posicionar no mercado e deixam mais espaço para a concorrência. Para que isso não aconteça com você, é essencial conhecer as tendências de comunicação atuais e apostar naquelas que mais estejam de acordo com cada tipo de negócio.

Abaixo, listamos algumas estratégias essenciais que todas as pequenas empresas podem — e devem — colocar em prática para consolidar suas marcas no mercado. Confira!

1. Marque presença digital com um site ou blog

Ao longo dos últimos anos, a internet tem se mostrado uma grande aliada das empresas que precisam divulgar seus trabalhos. Afinal, é muito mais barato apostar em estratégias online do que nas tradicionais mídias, como televisão, jornais, revistas e outdoors.

Comece investindo na criação de um site ou blog que seja responsivo, ou seja, que funcione tanto para a tela de computadores quanto para o visor de um smartphone. A partir dessa página, um trabalho de otimização poderá ser feito, o que significa deixar sua marca em evidência quando os clientes fizerem buscas no Google ou no YouTube, por exemplo.

2. Use as redes sociais profissionalmente

É muito importante incluir as redes sociais no plano de marketing, mas atenção: isso não significa que você deve usar todas elas ao mesmo tempo!

Primeiramente, analise o perfil do seu público-alvo para identificar quais são as redes mais acessadas pelos consumidores. Tenha em mente que de nada adiantará a empresa investir em ações no Facebook se a maioria dos clientes prefere acessar o Instagram, por exemplo.

Cada rede social tem suas particularidades, funções e recursos diferenciados que podem ser explorados. Um salão de beleza pode se dar bem explorando redes como Facebook e Instagram, que permitem o compartilhamento de fotos e vídeos curtos. Já um negócio voltado para a moda tem a chance de explorar os recursos do YouTube, investindo na produção de vídeos com dicas de estilo, combinações, entre outros assuntos.

Em resumo, cada negócio tem a possibilidade de explorar plataformas diferentes para criar uma identidade e se conectar com os consumidores.

3. Mantenha um pós-venda

Essa é uma dica que as equipes de gestão de toda empresa deveria priorizar. Investir no pós-venda — que também faz parte das estratégias de marketing — é fundamental para identificar o nível de satisfação de cada cliente com os serviços prestados empresa.

A partir do pós-venda, será muito mais fácil identificar problemas no atendimento, serviços e/ou produtos que não estejam agradando aos clientes, entre outros problemas. Com isso, a empresa terá maior conhecimento sobre o que pode ser melhorado e cultivará um bom relacionamento com o cliente, resultando na fidelização.

Existem outras estratégias de marketing que também podem beneficiar pequenas empresas, como o estabelecimento de parcerias e o investimento em eventos e promoções. No entanto, é recomendável que se identifique os hábitos e necessidades do público-alvo antes de escolher em quais ações investir.

Gostou dessas dicas sobre marketing de pequenas empresas? Então aproveite para entender agora como atrair e fidelizar clientes!

Escreva um comentário

Share This